Pura gula…

“Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, estrogonofes – comidinhas para depois do amor. E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica e gostosa farofinha, para o seu grande amor?”
Vinícius de Moraes

“País do açúcar
Começar pelo canudo,
passar ao branco pastel
de nata, doçura em prata,
e terminar no pudim?
Pois sim.
E o que bóia na esmeralda
da compoteira:
molengos figos em calda,
e o que é cristal em laranja,
pêssego, cidra vidrados?
A gula, faz tanto tempo,
cristalizada”.
Carlos Drummond de Andrade

“O Criador, ao obrigar o homem a comer para viver, o incita pelo apetite, e o recompensa pelo prazer”.
Brillat-Savarin

“Às vezes, ao evocar o aroma de um prato saboroso, a nostalgia e o prazer me comovem até as lágrimas. Voltam à minha memória o sol esmagador de Sevilha e uma bandeja de cerâmica azul sobre um muro rústico de adobe branco, repleta de ameixas maduras, algumas abertas, oferecendo-se lânguidas aos apetites de uma enorme mosca amarela que se lançava em picada nessa polpa indecente. Sevilha é para mim a fragrância adocicada daquelas ameixas e dos jasmins que enchem o ar de desejos ao entardecer”.
Isabel Allende

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: