Boa mesa e boa sorte!

24 out

 A tradição de saborear o nhoque da sorte em casas de origem italiana começou com um frade andarilho numa pequena aldeia e permanece até os dias de hoje

cpastor@jornaldacomunidade.com.br

Reza a lenda que o tal frade teve sua vida transformada depois que recebeu um prato de nhoque em um dia 29, de um mês qualquer. Todavia, tal história tem vertentes variadas, mas a receita é de fato uma das mais antigas e utilizadas desde o período do apogeu romano. Feito com farinha de trigo ou semolina inicialmente, somente no século XVI, a iguaria passou a ser elaborada com batata.

Em italiano gnocchi, o nhoque, em português, de acordo com Marcella Hazan, autora do livro Fundamentos da cozinha italiana clássica, deve ser sempre leve e fofo, seja ele de batata, semolina ou farinha de trigo. Ela diz ainda que os bons coziheiros da região do Vêneto, não acrescentam ovos ao nhoque de batata. Outra dica de Marcella é a escolha da batata correta. De acordo com ela, a batata “confiável” para nhoque é aquela que não é muito grande ou muito nova, uma vez que as grandes são muito “farinhentas” e as novas excessivamente úmidas.

Para o molho, ela recomenda o de pesto, o de gorgonzola e o de tomate com cebola e manteiga. Entre as receitas sugeridas pela pesquisadora, há desde o nhoque de semolina assado, até o de espinafre com ricota.

Simpatia italiana

O chef Dudu Camargo, sempre deu essa forcinha para a sorte de seus clientes na Cantina Unanimità (na 409 Sul). Por lá, quem escolher uma das opções de nhoque, ganha um dólar para fazer a simpatia italiana. O ideal, segundo o chef, é comer sete deliciosas bolinhas, de preferência em pé, com o dólar debaixo do prato, e, em seguida, guardar a cédula para atrair dinheiro e fortuna.

Este mês, o menu oferecido na Unanimitá destaca o nhoque de ricota com espinafre, o ao molho pomodoro e manjericão, o de molho de gorgonzola e pera gratinada, o de batata baroa e, ainda, os saborosíssimos nhoques com capim santo, molho de camarão, leite de coco e lascas de manga. A cantina oferece ainda uma diferenciada receita de nhoque à base de batata doce, com molho de carne de panela rústico ou ao molho de calabresa fresca. Todos os pratos são individuais.

Na recém-inaugurada Hostaria dei Sapori (na 212 Sul), a tradição do Dia do Nhoque também é mantida. A casa serve a iguaria com os molhos pomodoro basílico, La Boscaiola e ao pesto genovese, a um custo de R$ 30 (individual) e R$ 50 (para duas pessoas). Além disso, na hostaria, o cliente tem à disposição folhetos da Smorfia Napoletana, uma espécie de dicionário de sonhos, que referencia significados a um número para ser jogado na loteria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: